Num contato recente realizado pela Delegação da Madeira do Banco Alimentar, somos a informar a seguinte agenda :

 

- 5ª CAMPANHA DE RECOLHA DE ALIMENTOS DO BANCO ALIMENTAR/2015

 campanha decorrerá entre 28 de maio a 7 de junho em todo o território nacional e nos concelhos da RAM, assumindo três modalidades: Campanha Online; Campanha Saco e Campanha Vale.

 

 

- Campanha Online (28 de maio a 7 de junho) acessível através dewww.alimentestaideia.netonde os cidadãos, em qualquer parte do mundo, podem fazer o seu donativo em alimentos e pagar através de cartão de crédito ou multibanco.

 

 

- Campanha Vale (30 de maio a 7 de junho) através de vales adquiridos nas caixas dos supermercados, onde os cidadãos podem escolher os produtos que pretendem doar.

 

 

- Campanha Saco (30 e 31 de maio) consiste na recolha de alimentos nos supermercados com a ajuda de voluntários, – decorrerá em 32 supermercados da Região (Pingo Doce, Continente, e Super São Roque e Novo Super).

 

 

- Outras formas de contribuição – os cidadãos que o desejem podem ainda colaborar na Campanha, bastando para o efeito  inscrever-se como voluntários através do email:  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ,  ou contactando-nos através dos números: 291 617 839  e  967 583 368.

 

 

Por fim, a sua colaboração pode ser muito válida se transmitir e encaminhar esta mensagem aos seus familiares, amigos, colegas de trabalho, empresas e entidades diversas que conheça, nos canais online e redes sociais.

Para mais informações aceda ao Site:  www.alimentestaideia.net

Facebook:  www.facebook.com/BACFM

 

 

Todos nós portugueses atravessamos uma conjuntura difícil, com encargos penosos obrigando-nos a fazer esforços redobrados na gestão das nossas economias. Todavia, ao nosso lado e todos os dias, o número de famílias e de pessoas com necessidades alimentares aumenta, isoladas que estão na sua carência e, entre elas as crianças e os idosos são os mais atingidos, por isso vimos lançar um apelo a todos os cidaddãos 

 

“Façamos todos juntos, algo por alguém que tem fome, mesmo que não se lhe reconheça o rosto e a sua história de vida.”